Início
O cristianismo é a religião mais perseguida no mundo? PDF Imprimir E-mail
Internacional - A afirmação de que o “cristianismo é a religião mais perseguida no mundo” pode ser verdadeira ou falsa, dependendo de como você encara esse pensamento. Pew Forum (Pew Research Center – PRC, que é um Banco de Pesquisas sobre as questões, atitudes e tendências globais)  sugere que a perseguição aos cristãos e aos muçulmanos é quase a mesma. No entanto, se tirarmos a 
perseguição intra-religiosa, os cristãos são muito mais perseguidos do que os muçulmanos, por pessoas de outras religiões ou ideologias. Muitos dizem que é natural considerar que o cristianismo seja mesmo a religião mais perseguida do mundo, afinal, é também a maior religião. No entanto, quando a atenção se volta para o número de cristãos perseguidos, levando em consideração a população de cada país, percebe-se que a população cristã é bem pequena (em alguns casos). A equipe da Portas Abertas recomenda evitar o uso desta declaração. A designação do cristianismo como "a religião mais perseguida no mundo" está sendo questionada por organizações de direitos humanos. “Não é adequado que as religiões disputem umas com as outras”, disse um dos representantes da Human Rights Watch (Observatório de Direitos Humanos, uma organização internacional não-governamental que defende e realiza pesquisas sobre os direitos humanos). A Anistia Internacional também defende esse posicionamento e o Relator Especial da ONU para a Liberdade de Religião ou Crença, concorda com ambos. Eles comentam também que não é aceitável que a perseguição seja ignorada, só por que acontece em pequenas proporções em algumas nações, como faz a mídia e a imprensa internacional. Fonte: Portas abertas
 
< Anterior   Próximo >

 

Receba Novidades






Login






Esqueceu sua senha?
Sem conta? Criar Conta!